WordPress 4.7: como voltar com o botão de justificar texto

Atualizou seu WordPress para a versão 4.7 e sentiu falta dos botões de justificar texto e sublinhar? Saiba porque eles sumiram e como voltar com eles para o lugar.

Como voltar com os botões de justificar e sublinhar textos no WordPress?

É simples. Basta seguir os seguintes passos:

  1. Instale e ative o plugin Re-add text underline and justify;
  2. No painel do WP vá em Configurações -> Escrita;
  3. Altere o valor de Editor Style. A opção Re-add underline & justify + rearrange faz tudo voltar a como era antes;
  4. Salve as alterações.

Mesmo sem o plugin é possível tanto justificar quanto sublinhar seus textos através dos atalhos de teclado:

  • Justificar: alt + shift + j
  • Sublinhar: ctrl + u

Por que os botões sumiram?

No começo era o nada: a internet começou como uma simples cópia do mundo impresso. Hoje, com o amadurecimento dessa mídia, percebemos necessidades completamente diferentes para um e para outro. No mundo digital temos o mesmo conteúdo sendo exibido em telas de tamanhos diferentes, tipografia complexa com várias fontes diferentes e o texto justificado só atrapalha: diminui a legibilidade, além de ter implementações diferentes nos vários navegadores. Sublinhados são ainda piores, tornam texto comum parecido com links. A pergunta que fica então é:

Será que você realmente precisa desses botões?

Seria um mundo melhor se todo mundo pudesse responder “não”. Infelizmente sabemos que existem clientes teimosos e pessoas conservadoras que simplesmente não querem aprender ou se conscientizar de que as coisas evoluem, conceitos são revistos e aprimorados. Nem sempre vale a pena tentar mudar uma pessoa assim, a única coisa que a gente pode fazer é tentar ser diferente.

O WordPress é uma ferramenta mantida por voluntários em uma comunidade aberta e você pode fazer parte dela, sugerindo e fazendo coisas nas mais diversas áreas: tradução, layout e programação são bons exemplos. Para isso acesse https://make.wordpress.org/core/. Para o aviso de remoção dos botões você pode ver aqui e aqui.

Confira também os outros posts sobre WordPress.

Tags:

Comentários

  • Daniel Lima

    obrigado pela dica, ajudou muito!

  • Fala mestre. Meu cliente caiu nessa armadilha aí.
    Obrigado pela dica.

  • Day Pierce

    Nossa, muito obrigada!!! Me ajudou demais!!! Deus te abençoe =D

  • Foi um erro muito feio do WP, e nenhuma dessas colocações sobre o que X
    ou Y acham sobre textos justificados ou sobre acessibilidade justificam
    tal decisão. A escolha tem de ser de quem escreve, ponto.
    Particularmente só escrevo textos justificados e acho os que não são com
    uma aparência de amadorismo. Espero que um absurdo desses não seja
    implantado no WP.com, pois nele não temos a opção de plugins para
    corrigir esse ERRO, de modo que a única solução seria mudar de
    plataforma (WP.org, Blogger ou SAPO).

  • Felipe Elia

    Oi Thiago! Obrigado por vir participar do debate.
    Na verdade acho que nada do que eu disser vai mudar a sua opinião, mas gostaria que você reconsiderasse pelo menos a parte sobre aparência de amadorismo, afinal os maiores portais de notícias do país usam texto alinhado a esquerda: G1, Folha, Estadão e por aí vai.
    É uma pena que você não tenha levado a sua opinião ao conhecimento dos desenvolvedores da ferramenta a tempo, mas sinta-se a vontade para opinar nas próximas modificações, afinal é uma ferramenta cujo desenvolvimento é, pelo menos teoricamente, guiado pela comunidade.
    Abs!

  • De fato, espero que a reação das pessoas a esse tipo de atitude, que não amplia, mas restringe (na prática) as possibilidades de escolha, seja revista (isso já ocorreu no passado, com a “rolagem infinita” por exemplo). E o fato dos maiores portais usarem o alinhamento a esquerda não retira minha impressão de amadorismo e desorganização, pois essa opinião não tem por base apenas a prática da internet, mas a organização de textos escritos em geral, independente do meio; quem tem o costume de ler fora de telas de computador estranha essa opção.

  • Felipe Elia

    Oi Thiago, seja bem-vindo de volta. São ótimas as suas ponderações, mas:
    – Para que seja mantido o padrão, o alinhamento do texto não deveria nem ser selecionado pelo usuário e sim pelo estilo do tema WordPress. Desta forma não há possibilidade de um texto alinhado para um lado e outro ao centro ou justificado. Possibilidades demais de escolha para o usuário final ou para o escritor podem gerar bizarrices inacreditáveis na apresentação do conteúdo;
    – Não entendi a relação com “rolagem infinita”. Algum tema padrão do WordPress forçava esse comportamento? Alguns arquitetos de informação erraram feio ao tentar colocar, por exemplo, um rodapé depois da rolagem que nunca acabava, mas os espertos viram o erro logo. O abandono de textos justificados vem de longe e, até agora, não vi nenhum designer ou ilustrador reclamar, pelo contrário;
    – Tenho o costume de ler (muito) fora das telas, não compartilho da sua opinião e não sei se o melhor caminho seria generalizar para fortalecer seu argumento. Se a escrita para internet herdasse tudo da escrita impressa estaríamos navegando em sites com fontes serifadas, por exemplo, o que não é o caso, nem teríamos hiperlinks e sim notas de rodapé. As diferenças são várias. Tipografia é uma arte, essas decisões não foram tomadas com base em achismos ou opiniões pessoais.

  • Não, isso não deveria ser selecionado pelo estilo do tema do WP por dois simples motivos:

    1) Nunca foi assim e, portanto, mudar agora perfaz uma restrição a uma espécie de direito adquirido;
    2) O tema, depois de usado por alguém, deixa de ser apenas de seu autor, de modo que outras leituras estéticas são plenamente cabíveis.

    Além disso, se alguém quer gerar o que você considera bizarrice, isso é uma escolha da pessoa. Quem escreve dever ter o direito de ser “bizarro” ou não.

    Quando implantaram a rolagem infinita no WP.com ela era obrigatória e automaticamente impossibilitava widgets na base dos sites, aí a briga foi grande e voltaram atrás, implantando as opções que temos hoje.

    Não me importa o que designers ou ilustradores pensam sobre o assunto, mas aquilo que pensa quem tem o costume de ler muito e em vários meios; as pessoas que conheço nessa classificação preferem uma única sistematização. Fora que isso também é uma opção pessoal e eu não vejo nenhum motivo para mudar; se alguém quer escrever sem margem justificada que o faça, mas isso não pode vir a reboque de restrições para quem prefere de outra forma (da mesma forma, se eu quiser usar notas de rodapé – e vez ou outra faço assim – ou letras serifadas isso deve ser algo que eu devo decidir, não a plataforma).

  • Felipe Elia

    Nossa conversa não está gerando benefícios para ninguém, então vou só contra-argumentar e você pode se sentir a vontade de replicar, sem nenhuma outra interação minha.
    1) Entendo o seu ponto de vista;
    2) Recomendo que estude sobre temas WordPress e licenças GPL, seu entendimento está errado. Cada usuário do tema pode alterá-lo como bem entender;

    – Quem considera bizarrices não sou eu e sim os estudiosos da área;
    – Não uso WP.com;
    – “Não me importa o que designers ou ilustradores pensam sobre o assunto”: imagino você com um problema no coração e dizendo isso para seu cardiologista. Designers estudam pra isso, se você não se importa com os especialistas não há porque conversamos sobre o assunto;
    – Você realmente tem conversado com as pessoas sobre o quanto elas leem e a relação disso com as preferências na internet?! Se sim, considera alertá-las sobre tipografia, a ciência que estuda esse assunto;
    – Cada um pode gerar o visual que quiser sim, mas a ferramenta se reserva o direito de orientar seus usuários da melhor maneira possível, guiando-os pelo caminho que é ***comprovadamente*** mais apropriado. Se a pessoa prefere seguir um caminho não recomendado talvez o melhor seja realmente trocar de ferramenta.

    Abs, obrigado pela visita e boa sorte com seus textos!

  • “Recomendo que estude sobre temas WordPress e licenças GPL, seu
    entendimento está errado. Cada usuário do tema pode alterá-lo como bem
    entender;”

    Não falei nada diferente disso, apenas argumentei em cima de sua colocação de que esse tipo de mudança ficaria condicionada a cada tema.

    “Quem considera bizarrices não sou eu e sim os estudiosos da área;”

    Isso não importa, o “você” usado na minha postagem é abstrato, ou seja, é qualquer um que pense que escrever de modo justificado ou algo aproximado seja uma bizarrice.

    “Não uso WP.com”

    A equipe que o produz é a mesma do WP.org e, constantemente, uma inovação de uma lado vai para o outro.

    “…imagino você com um problema no coração e dizendo isso para seu
    cardiologista. Designers estudam pra isso, se você não se importa com os
    especialistas não há porque conversamos sobre o assunto…”

    Eu poderia ter um problema no coração e não me importar nem um pouco com o que diz o cardiologista que segue o modismo médico mais novo. A opção é minha, quem sofre as consequências sou eu; ou vão me obrigar a seguir o modismo médico mais recente (e já vi muitos)?

    “Você realmente tem conversado com as pessoas sobre o quanto elas leem e a relação disso com as preferências na internet?! Se sim, considera
    alertá-las sobre tipografia, a ciência que estuda esse assunto”

    Sim tenho, e elas não precisam estudar nada cientificamente para exercer um gosto ou preferência.

    “Cada um pode gerar o visual que quiser sim, mas a ferramenta se reserva o
    direito de orientar seus usuários da melhor maneira possível,
    guiando-os pelo caminho que é ***comprovadamente*** mais apropriado. Se a
    pessoa prefere seguir um caminho não recomendado talvez o melhor seja
    realmente trocar de ferramenta.”

    A ferramenta está equivocada, pois isso vai contra a própria filosofia que deu ensejo a ela e o que é melhor ou não são as pessoas que decidem, não uma elite de entendidos (seja aqui, seja numa entidade política).

  • Felipe Elia
  • Michela Borges Nunes

    Olá Felipe. Segui as recomendações, instalei o plugin, alterei em escrita, e mesmo assim os botões não apareceram. Será que porque atualizei no WP para o 4.7.2?

  • Muito obrigada, ajudou bastante. Mas ainda acho que a decisão de qual botão usar deveria ser minha e não do WordPress.
    Abraços.

  • Obrigado pelos esclarecimentos

  • Edilene

    Excelente dica, você foi 1000….obrigada

  • Edilene

    Certíssimo…

  • Joatã Aragão

    Valeu pela dica 😉

  • Felipe Elia

    Parece uma pergunta tola, mas… você salvou depois de alterar em “Escrita”? 🙂

  • Ana Paula G Soares

    olha, comentando seu ultimo parágrafo, posso ateéé tentar parar de usar o justify, mas acho que meu signo não permitirá hauhauehaueh

  • Adriano Pellegrino

    Grato pela dica, de grande ajuda!

  • Adriano Santos

    Olá, discordo de tudo que foi dito no sub-título “Será que você realmente precisa desses botões?”, entretanto o que mais incomoda não é a opinião do autor dopost que deve ser respeitada acima de tudo. O que me incomoda é quando algo passa a ser “obrigatório”, “forçado”. Eu quero usar o Justificado, acho que o texto fica muito melhor. O sublinhado nunca usei porque tenho a mesma opinião do autor, faz parecer um link e confunde o leitor, mas caramba se eu quero usar como faço? Sou obrigado a usar sem o Justificado?

    Não sabia do atalho, estava editando na parte html das postagens. Mas confesso que fiquei bem “p” da vida ao retirarem.

    Enfim, é isso.