WP-CLI e bash: automatizando a instalação do WordPress em pt-BR

Inspirado neste artigo e em um papo que tivemos no último meetup de WordPress aqui em Curitiba, decidi criar um script que automatizasse meu processo de criação de sites em WordPress no ambiente de desenvolvimento. Ao invés de passar por todos os passos da instalação como criar um banco de dados, baixar os arquivos, instalar o WordPress pelo navegador, instalar os mesmos plugins, copiar nosso starter theme, alterar os nomes das funções e etc., tentei colocar tudo em um lugar só. Preencho o nome do banco de dados que o próprio script vai criar, o título do site, o nome do usuário, o nome do novo tema e pronto, ele faz tudo isso de uma vez só. No final ainda abre o site no Chrome e no Atom, vejam que beleza.

Aqui vão algumas coisas que você precisa saber antes de usar o script:

  • NÃO copie simplesmente o script, você precisará minimamente adaptá-lo às suas necessidades. Siga os comentários para ver o que é feito em cada etapa;
  • Instale o WP-CLI e certifique-se de que ele está funcionando corretamente;
  • Certifique-se de que o php executado na linha de comando tem a extensão do MySQL instalada;
  • Copie o script para algum lugar na sua máquina (segui a indicação do artigo original e coloquei em ~/Scripts/wpinstall.sh);
  • Adicione um alias no arquivo ~/.bash_profile:
    alias wpinstall="~/Scripts/wpinstall.sh"
  • Atualize o arquivo ~/.wp-cli/config.yml (crie um se ainda não existir) adicionando o suporte ao mod_rewrite, acrescentando ao arquivo as seguintes linhas:
    apache_modules:
    - mod_rewrite
  • Chame wpinstall no terminal na pasta onde quer instalar o WordPress.

Como eu já comentei aqui, sou um novato nesse mundo do linux, então qualquer sugestão é bem-vinda. O código tem alguns TO-DOs, podem sugerir tanto aqui quanto no gist. Façam bom uso!

Tags:

Comentários

  • Leo Baiano

    Eu montei algo parecido uma vez só que em mais rústico, não usava wp-cli na época, basicamente baixava o WP, fazia umas configurações que eu montei pra trabalhar em múltiplos ambientes, baseado no projeto do bedrock só que mais simples, copiava os plugins, criava o banco e importava um sql já com as configurações que eu costumava usar sempre. Gostei do seu script, pra quem trabalha em agencia e pega vários projetos de sites durante o ano é uma mão na roda, já teve tempo de eu estar com 2 sites WP na pauta, pode parecer bobagem mas um start desses poupa tempo pra caramba. Parabéns e obrigado por compartilhar.

  • Felipe Elia

    Valeu Leo! Meu cenário é esse mesmo: toda vez que tem que criar site novo é um tempo que perco. Mesmos plugins, mesmas configurações pra começar… Espero que ajude mais gente 🙂 Abs